A Qualidade

A água mineral Clima3 é cristalina e de alta qualidade para sua saúde devido aos sais minerais nela contidos.

Movimento ondulante que inebria.
Sobe, desce, movimenta-se livremente.
Fria, morna, quente, refrescante.
Água pura e cristalina, que alegria!”

(Rosana Nóbrega)

Características:

Fonte Figueiral

Conforme Análise Química Boletim nº. 293 / LAMIN / 2015, de 29/06/2015.

Classificação: Água Mineral Fluoretada
Composição Físico-Química: pH a 25°c   - 6,90
Temperatura da água na Fonte:  23,0°c
Condutividade elétrica: 25°c   -     167,5 uS/cm
Evaporação: 180°c    -  140,72 mg/l

Composição Química (mg/l)


Sódio 15,650   Bicabornato 78,17
Cálcio 11,162   Cloreto 6,38
Magnésio 4,050   Sulfato 5,11
Potássio 2,947   Nitrato 4,96
Estrôncio 0,105   Fosfato 0,14
Bário 0,043   Fluoreto 0,07

 

Fonte Viva

Conforme Análise Química Boletim nº. 294 / LAMIN / 2015, de 29/06/2015.

Classificação: Água Mineral Fluoretada
Composição Físico-Química: pH a 25°c   -   6,67
Temperatura da água na Fonte: 22,80°c
Condutividade elétrica: 25°c  - 226 uS/cm
Evaporação: 180°c    - 165,16 mg/l

 

Composição Química (mg/l)

Cálcio 21,198   Bicabornato 108,16
Sódio 16,158   Sulfato 9,20
Magnésio 3,400   Cloreto 5,08
Potássio 2,807   Nitrato 1,08
Estrôncio 0,148   Fluoreto 0,10
Bário 0,048   Brometo 0,04

 

Veja a seguir as funções de alguns Sais Minerais:

 

Bário

O bário é um estimulante muscular quando presente em baixíssima quantidade.

Estrôncio

O estrôncio tem um papel semelhante ao do cálcio no metabolismo humano, alguns compostos de estrôncio aplicam-se no tratamento do reumatismo.

Cálcio

O cálcio é essencial no metabolismo. Uma pessoa que pese 70 quilos tem entre 1 e 1,5 quilo de cálcio no organismo, sendo que 99% dele participa da formação dos ossos. Previne osteoporose, ajuda na formação dos dentes, alivia as cãibras, favorece os batimentos cardíacos, combate as infecções e mantém o equilíbrio de ferro no organismo.

Magnésio

Sem o magnésio é impossível guardar energia na célula. Um adulto necessita, diariamente, de 300 mg de magnésio para ter um bom equilíbrio eletrolítico. Por isso se diz que é contra o stress.

Potássio

O potássio ajuda na contração e relaxamento dos músculos. Ele fica do lado de dentro da célula e troca de lugar com o sódio, que está na parte de fora, quando um impulso nervoso enviado pelo cérebro chega ao músculo. Isso permite que ele se contraia. O processo ocorre não só nos movimentos voluntários, mas também nos batimentos cardíacos.

Sódio

Assegura o equilíbrio hídrico do organismo, influi nas concentrações musculares e nos impulsos nervosos. Impede o endurecimento do cálcio e do magnésio, o que pode formar cálculos biliares ou nefríticos; previne a coagulação sangüínea.

Fosfato

Os sais de fosfato contêm radicais que atuam como substâncias básicas e carregadoras de oxigênio. Esses sais liberam oxigênio para os tecidos, apresentando uma melhora nas vias oxidativas.

Bicarbonato

Tem efeitos laxativo e digestivo.

Fluoreto

Forma ossos e dentes; previnem dilatação das veias, cálculos da vesícula e paralisia. Consolida as fraturas e previne a osteoporose. A principal fonte de flúor é a água..

Cloreto

Ajuda o equilíbrio nas reações químicas dentro do organismo e no controle da pressão osmótica.